Tempo livre e lazer: um direito de todos

Tempo livre e não-trabalho

O tempo livre é uma importantíssima conquista dos trabalhadores e trabalhadoras, que após a revolução industrial capitalista chegavam a trabalhar até 12 horas por dia! Devido a essa exploração dos patrões, os trabalhadores iniciaram um movimento sindical na luta por seus direitos, o que culminou em 1919, na redução desta jornada diária de 10h ou 12h para 8h, além da concessão do descanso semanal, nas férias remuneradas e na aposentadoria.

Com essa conquista, o trabalhador disponibilizava um aumento de tempo de não-trabalho, para recuperar-se fisicamente e exercer atividades de livre escolha. Surge aí o tempo livre.

loading...

O que pode ser considerado tempo livre? 

Toda atividade de não-trabalho ou que não seja feita por obrigação é tempo livre. Estudar, por exemplo, não é tempo livre, pois é feita por obrigação.

É importante frisar que atividades ligadas ao trabalho, como o período de transporte até o trabalho também não é tempo livre.

No sistema capitalista costuma desvalorizar o tempo livre como se fosse improdutivo, mas o aumento da carga horária de trabalho de uma pessoa e sua consequente diminuição do tempo livre é prejudicial para vida do trabalhador, mas é muito lucrativa para os empresários. Por isso é importante a união dos trabalhadores para que não aceitem jornadas de trabalho maiores que a lei permite e até lutem pela diminuição das jornadas de trabalho. Assim como é importante a luta por um transporte público mais eficiente e confortável, para que os trabalhadores e estudantes não percam seu tempo livre.

O que fazer no tempo livre?

O tempo livre deve ser ocupado por atividades de livre escolha de cada indivíduo e que lhe proporcione prazer, satisfação, diversão e aumento da felicidade. O lazer associado a jogos e atividades físicas e esportivas pode ser uma ótima opção para melhoria da qualidade de vida e da saúde das pessoas. Passeios, leituras, apresentações artísticas também são boas opções de lazer durante o tempo livre.

Lazer

Lazer é um direto humano básico, assim como o direito a educação, trabalho e saúde, e ninguém deverá ser privado deste direito por discriminação de sexo, orientação sexual, idade, raça, religião, credo, saúde, deficiência física ou situação econômica.

São espaços para promoção do lazer as praças, parques, campos e quadras de esportes, playground, teatros, cinemas, etc. É importante a existência de espaços públicos destinados ao lazer, para que todos possam ter acesso a eles.
É muito comum que exista mais espaços de lazer em regiões mais ricas e menos espaços de lazer em regiões mais pobre. Isso é inaceitável, pois fere o direito de todos os cidadãos de acesso ao lazer.

loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *