HISTÓRIA, EVOLUÇÃO E REGRAS DO MMA E DO UFC

O que significa MMA?

MMA é a sigla em inglês para Artes Marciais Mistas, que se refere a uma modalidade de luta onde são permitidos golpes e técnicas de várias outras modalidades lutas no chão (judô, jiu-jitsu e wrestling, etc…) e em pé (boxe, muay thai e caratê, capoeira, etc…). Antigamente chamado de Vale Tudo, o esporte foi criado no Brasil na década de 30 pela família Gracie, com o objetivo de mostrar a superioridade técnica da arte marcial difundida entre o clã: o Jiu-jjtsu Gracie. O conceito básico do Vale-Tudo, aos poucos, foi lapidado e chegou até o das artes marciais mistas, um esporte profissional.

HISTÓRIA, EVOLUÇÃO E REGRAS DO MMA E DO UFC

O surgimento do UFC no MMA

A modalidade ganhou o mundo pra valer a partir de 1993, com a realização do primeiro UFC, que é a maior empresa promotora de eventos de MMA do mundo, mas não é a única. De lá para cá, obviamente, muitos nomes estiveram em destaque, onde anos mais tarde, mais precisamente em 1993, o filho mais velho de Hélio Gracie, Rórion Gracie, criou um evento de vale tudo nos Estados Unidos, o UFC. O campeão seria aquele que vencesse um torneio eliminatório de oito homens, sem limite de tempo, em que técnicas de qualquer arte marcial eram válidas. Nessa época, as lutas eram desenvolvidas sem limite de tempo, luvas ou regras e regulamentos que garantissem a integridade física dos lutadores. Os confrontos eram, basicamente, entre praticantes de modalidades distintas que tentavam subjugar umas as outras. Foi neste contexto que os irmãos Gracie venceram diversos confrontos, popularizando o jiu-jitsu e dando fama internacional ao sobrenome da família.

loading...

Os primeiros vencedores do UFC

As primeiras edições foram vencidas pelo irmão de Rórion, Royce Gracie, que chamou a atenção por finalizar adversários bem mais fortes e pesados sem precisar desferir socos. Estava criado o embrião do maior evento de lutas do mundo, que hoje conta com verdadeira legião de fãs, ajudando a fazer do MMA um dos esportes que mais cresce no mundo.

A evolução do UFC e do MMA

Em janeiro 2001, depois de sucessivas ameaças de falência e de boicotes das redes de televisão, a SEG vendeu o UFC para a Zuffa, empresa dos irmãos Frank e Lorenzo Fertitta, empresários de cassinos norte-americanos. O contrato de aquisição foi no valor de U$S 2 milhões de dólares, a medida que hoje, o torneio vale cerca de U$S 1,5 bilhão de dólares.

Tamanha valorização se deve ao investimento da Zuffa na promoção do esporte como um show. Divisão dos atletas em um número maior de categorias, regulamentação junto a Comissão Atlética de Nevada, realização de eventos ao redor do mundo, reality show com lutadores da organização e jogos de vídeo games foram algumas das novidades implantadas pelos empresários que garantiram visibilidade ao esporte.

O surgimento de outros eventos de MMA

Como enorme crescimento do UFC, possibilitou ampliar o mercado e tornar possível o surgimento de diversos outros eventos de MMA e de academias com equipes de MMA. Essa nova era do MMA é marcada por eventos bem organizados, atletas bem preparados e por desmistificar a imagem negativa de banalizador da violência, que era associada ao esporte.

Algumas regras básicas do MMA

Os combates podem ser realizados em alguns ambientes diferentes, os mais conhecidos são o ringue e o octógono do UFC. O tempo da luta geralmente é divido em três rounds de cinco minutos com 60 segundos de descanso entre eles, com exceção às disputas de cinturão, quando a luta é definida após cinco rounds de cinco minutos.

São quatro maneiras distintas de se terminar uma luta:

  • Decisão; Três árbitros acompanham as lutas na beira do octógono e são responsáveis por dar notas a cada lutador em todos os rounds. O princípio é dar 10 ao lutador mais efetivo no round e 9, ou até menos, ao adversário.
  • Desistência; Ocorre quando um lutador desiste através de sinalização (verbal ou gestual) quando não se encontra em condições de prosseguir no combate, seja devido a uma contusão ou a uma finalização – golpe característico de lutas de solo. Ex: chave de braço e estrangulamento.
  • Nocaute; Nocaute é quando um dos lutadores recebe um golpe que o deixa sem condições de prosseguir no combate. Esta decisão cabe ao juiz, ou aos médicos, caracterizando um nocaute técnico.
  • Desqualificação: Acontece quando o árbitro do ringue interpreta que um dos lutadores aplicou um golpe ilegal intencionalmente ou efetuou algum movimento proibido repetidas vezes, como segurar nas grades, chutar um adversário no chão, socar a nuca, puxar o short ou bermuda do adversário ou colocar o dedo no olho do adversário.
loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *