Fundamentos e Golpes do Boxe

      Nenhum comentário em Fundamentos e Golpes do Boxe

OS GOLPES DO BOXE

Os golpes usados no boxe são permitidos apenas do quadril para cima, os golpes baixos não são permitidos e o lutador será advertido caso aplique esses golpes e se ouver reincidência ele poderá ser eliminado. Os golpes permitidos são os aplicados na parte frontal do adversário, como no rosto e no abdômen.

loading...

Fundamentos e golpes

Posição de guarda 

É a posição fundamental de onde deriva-se todos os golpes para vencer o adversário; e cada vez que aplicado dever-se-á levar o atleta a posição inicial. Se um pugilista for destro, o seu pé dianteiro será o esquerdo, e vice-versa; pés afastados na largura dos ombros, com o pé esquerdo à frente do direito e girado a 25º para dentro, e o direito girado a 40º par fora e ligeiramente elevado na ponta. O tronco deverá estar ligeiramente inclinado à frente (para que no momento que executar o golpe manter-se equilibrado) e girado para a direita. A cabeça ligeiramente inclinada à frente e com o olhar sempre fixo ao adversário. A mão direita é mantida ao lado do queixo, cotovelo para baixo ao longo de corpo. A mão esquerda é mantida alguns centímetros à frente do rosto, cotovelo dobrado. Isso dá ao boxeador a oportunidade de bloquear a maioria dos golpes desferidos contra ele, ou esquivar-se deles, e compõe uma boa base para lançar seus próprios golpes. É comum ver lutadores que mantêm suas luvas bem abaixo dessa postura tradicional. Isso pode ser feito por motivos estratégicos (para enganar seu oponente ou para conseguir desferir socos corporais rápidos) ou porque eles estão cansados ou com preguiça.

Fundamentos do Boxe GuardaFundamentos do Boxe posição de GuardaPosição de Guarda Fundamentos do Boxe
A mão principal disparará golpes mais rápidos, e a mão de trás será para lançar reciprocamente golpes com mais poder (mais poder é conseguido com a mão de trás, pela distribuição de peso e maior impulso). Uma variante da posição de base é a chamada Peek-a-Boo, desenvolvida pelo lendário treinador Cus D’Amato. Ela utiliza as mãos com os antebraços na frente do rosto e os punhos ao nível dos olhos e nariz. Essa postura era muito usada por Mike Tyson.
Embora pareça existir uma infinidade de maneiras de desferir um golpe, o arsenal de um boxeador moderno geralmente consiste em quatro golpes principais:

Jab

Golpe frontal com o punho que está a frente na guarda (no destro, a mão esquerda). Não é tão potente, mas é muito eficaz e rápido. Embora seja geralmente usado para afastar o oponente, para medir a distancia, ou como preparatório para outro golpe (ou contra-golpe). o Jab é um soco rápido e de grande alcance que vai decidir seu destino no ringue. Vai ser o soco mais usado, e mesmo sendo um dos socos mais fracos, pode lhe ajudar a ganhar por pontos se não colocar o oponente a nocaute. Vários jabs podem eventualmente esgotar o oponente. Use este soco para medir o estilo de seu adversário. Se ele usar um contra-ataque, ele sabe técnicas de lidar com um jab que você têm que estudar antes de dar o nocaute. Erros custam caro no boxe. Pode ser disparado por qualquer um dos braços.

Para lançar um jab, arremesse seu punho esquerdo à frente numa linha reta, girando seu braço para dentro até que ele chegue à extensão máxima. Imediatamente recolha seu punho de volta para perto de seu queixo.
Golpes e fundamentos do Boxe Jab

Direto

Golpe frontal com o punho que está atrás na guarda (quem é destro luta com a mão canhota a frente e vice e versa, logo o direto é dado com a mão que se têm mais força). É um golpe muito rápido e forte. Esse golpe é útil para minar a defesa do oponente ou quando os boxeadores são muito próximos, se acertar o adversário em cheio, é lona (nocaute). O poder vem de uma rotação dos ombros a 90º, enquanto que a posição do punho gira a 180º, trazendo o ombro dianteiro até à guarda junto ao queixo.

Para o direto de direita, comece com o seu punho direito quase tocando seu queixo, cotovelo perto das costelas. Conforme você explodir o braço à frente, reto, gire o lado direito de seu quadril à frente até que a perna direita fique reta, com a parte da frente do seu pé direito no chão. Lance o soco e volte à postura básica em um único movimento.
Golpes do Boxe Direto

Cruzado (Cross) ou gancho

Golpe de curta distância, executado com um rápido movimento de braço da esquerda para a direita (ou vice-versa) em uma linha reta em direção ao rosto do oponente, mas também pode ser dado na linha de cintura (nas laterais da cintura) e é chamado de cruzado ao tronco. O boxeador gira seu peso e seu ombro direito para frente para acrescentar potência ao golpe. Tão potente quanto o Direto, pode se utilizado tanto na linha da cintura, como na lateral do rosto do adversário.

Fundamentos e golpes do Boxe Cruzado
Para o gancho de esquerda, impulsione seu cotovelo para cima de maneira que seu antebraço fique paralelo ao chão e então solte o soco, usando somente seu corpo. Gire o tronco, começando das pernas e indo até os ombros, colocando toda a força no gancho.

Gancho (Hook)

Golpe dado exclusivamente na linha de cintrua de forma quase que frontal (com um pouco de inclinação de baixo para cima, pra gerar mais potência) e visa atingir o abdômen, estomâgo e plêxo do averssário, ou seja, dado sempre na parte da frente do corpo, diferente do cruzado ao tronco que é dado na parte lateral. Esse golpe pode ser desferido com qualquer uma das mãos.

Fundamentos do Boxe Gancho

Uppercut

É uma versão mais curta do golpe Gancho executado de baixo para cima de forma de alavanca em direção ao queixo do oponente, ou à sua zona hepática; considerado muito perigoso e violento. É dado entre outra opcasiões quando o adverssário esta de forma a usar o bloqueio frontal (com as luvas a frente da cabeça), pois nesse caso diretos e cruzados seriam pouco suficiêntes (visto que parariam na defesa). O poder no uppercut vem das pernas e anca. Este pode ser um golpe de poder devastador porque, mesmo que não encontre exactamente o queixo do adversário, tende a erguê-lo para cima, e deste modo proporciona um desequilíbrio momentâneo e aumenta simultaneamente a zona de conexão dos golpes.

Golpes do Boxe Uppercut

Swing

O golpe mais potente do boxe, porém dados somente em situações bem oportunas, pois deixa o boxeador completamente aberto para receber o que chamamos de “contra-ataque de encontro”, O golpe é dado com a mão de trás (a mais forte) e é lançado de forma descendente (fazendo uma curva de cima pra baixo) visando atingir o queixo ou qualquer outra parte do rosto do adverssário com toda a potência possivel. Se entrar é nocaute. Ele é atribuído por muitos a lutadores de pouca técnica, o que é um engano, visto que muitos lutadores técnicos usam esse golpe. ou quando já estão muito cansados ou castigados durante uma luta (uma expécie de golpe tudo ou nada).

Fundamentos e golpes do Boxe Swing
OBS: No boxe cubano (somente olímpico) não existe o golpe conhecido por SWING, pra eles o swing nada mais é que um direito dado de forma diferente, além do que nenhum instrutor de boxe em Cuba incentiva seus alunos a ficarem dando tal golpe, pois dizem que é falta de recuso técnico do lutador o que em Cuba é inadmissível. O SWING também é chamado por alguns de “mata-cobra”, ou seja, golpe de brigão sem técnica, dado de qualquer jeito para acabar logo com a luta ou por desespero quando este está em uma situação desfavorável no combate.
Qualquer um desses golpes pode ser devastador se aplicado sozinho, mas eles são mais eficazes quando aplicados em combinações. Uma combinação é qualquer série de dois ou mais golpes em uma rápida sucessão. Por exemplo, a combinação jab-cruzado é muito comum.

Clinche

Situação de luta onde os dois boxeadores estão segurando-se ou apoiando-se mutuamente sem trocar socos. O clinch ocorre quando ambos os lutadores ficaram esgotados depois de uma violenta troca de golpes, ou quando um deles sentiu um golpe e, então, em manobra defensiva, procura segurar o adversário junto a seu corpo, procurando travar o ímpeto do mesmo ou anular sua momentânea vantagem. No boxe amador, o excesso de clinchs é punido com perda de pontos.

Esquiva

A esquiva é o movimento de corpo que o boxeador faz para sair da trajetória do golpe aplicado pelo adversário.

Fundamentos do Boxe Esquiva

Knockdown

Esse termo é feito de duas palavras inglêsas: knock (derrubar) e down (abaixo). Pronuncia-se “nóquidaum”. É empregado quando um soco “derruba” um dos lutadores, mas esse consegue se levantar em menos de dez segundos. É necessário que se acrescente que esse “derruba” significa “tirar da posição em pé”, o que pode ocorrer se tocando o chão com qualquer parte do corpo que não seja os pés, ou mesmo ficando dependurado nas cordas do ringue ou tendo sido jogado fora dele.

Sparring

É o pugilista que ajuda o outro a treinar, ajudando-o a desenvolver seu potencial de golpes. Após ser sparring alguns deles profissionalizam-se. Fazendo sparring, especialmente com sessões mais reais, um lutador irá aprender o que funciona e o que não. Seu estilo será desenvolvido naturalmente, baseado em seu próprio e único atributo físico. Também no sparring, aprenderá um dos mais importantes quesitos para se lutar: Se manter relaxado! Qualquer lutador sem experiência tem a tendência de ficar tenso quando está em uma situação de ameaça. É normal vê-los paralisados de tão tensos que estão que não se tornam efetivos durante a luta. Quando tensos, a fadiga virá rápida e ao mesmo tempo, um lutador tenso é um lutador lento.

loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *